Gênios da pintura | Estilo Gótico | Giotto Di Bondone

O Beijo de Judas -
Giotto Di Bondone
          Giotto di Bondone é considerado o primeiro gênio do Renascimento italiano. Sua arte modificou a maneira de conceber os temas religiosos e superou a pintura bizantina, dando-lhe um caráter tridimensional e humanizado.Filho de um pequeno fazendeiro, conta-se que aos doze anos Giotto foi visto desenhando uma das cabras de seu pai. 
          Conta-se também que, trabalhando como aprendiz de um mercador florentino, insistiu para ser admitido no ateliê do pintor Cimabue, o grande mestre da pintura no século 13.As primeiras obras conhecidas de Giotto são uma série de afrescos sobre a vida de São Francisco, pintados na igreja de Assis. Cada afresco representa uma passagem na vida do santo, e as figuras humanas e os animais aparecem representados de forma realista. 
          Entre 1305 e 1306, Giotto pintou uma série de 38 afrescos na Capela Arena, em Pádua, contando a vida de Jesus Cristo e da Virgem Maria. Entre as diversas cenas ali representadas, está um impressionante juízo final. Giotto realizou também diversas obras por encomenda de príncipes e altas autoridades da Igreja, em Roma, em Nápoles e em Florença. Em 1334 a cidade de Florença concedeu a Giotto o título de Magnus Magister (Mestre Maior)e tornou-o arquiteto oficial da cidade e superintendente de obras públicas. Giotto desenhou o famoso campanário de Florença. Veja suas pinturas aqui

Comente com o Facebook: