Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2016

"Bom Dia!" - Pintura do colombiano Jairo Buesaquillo

Imagem

Giovanni Bellini ~ Renascimento ~ Gênios da pintura

Imagem
Nasceu em Veneza ao redor de 1424 e morreu na mesma cidade em 1516. Foi pintor do quattrocento italiano. Membro de uma família de pintores que começou seu ofício e arte no ateliê do seu pai Jacopo Bellini onde estudou e trabalhou junto com os seus irmãos Gentile e Niccolò.

          Em sua obra madura Giovanni fez um inovador tratamento da cor que depois será imitado. A obra deste pintor se caracteriza por grandes realizações, nas quais manifesta um perfeito domínio do sentido espacial e os efeitos da luz em um marco de grande espiritualidade.

Benozzo Gozzoli ~ Renascimento ~ Gênios da pintura

Imagem
Nasceu em Sant'llario a Colombano, em 1421 e morreu em Pistoia em 1497. Pintor italiano quatrocentista, iniciou na arte da ourivesaria e depois escolheu a pintura.

          Quando esteve em Florença trabalhou com Ghiberti, mais tarde em Roma colaborou com Fra Angélico. Destaca-se na sua produção O Cortijo dos Reis Magos que fez para a capela do palácio dos Médicis, em Florença. Nos afrescos que cobrem as paredes deste espaço usa cenas que evidenciam a influência dos pintores florentinos.

Piero Della Francesca | Renascimento | Gênios da pintura

Imagem
Nasceu no alto vale do Tíber, perto de Arezzo, Itália, por volta de 1415 e morreu em Borgo do Santo Sepolcro em 12 de outubro de 1492. Foi um pintor especialista em afrescos, mas na sua época foi conhecido também como geômetra e matemático.

          Sua pintura se caracterizou por seu sereno humanismo e o uso de formas geométricas em relação com a perspectiva e a luz. Foi um dos principais personagens do renascimento, embora não tenha trabalhado para os Médicis nem esteve muito tempo em Florença.

Fra Filippo Lippi ~ Renascimento ~ Gênios da pintura

Imagem
Nasceu em 1406 e morreu no dia 8 de outubro de 1469. Foi representante do quattrocento italiano. Tratou mais do que nada de temas religiosos.

          Sobressaiu por pintar paisagens originais e pela elegância do desenho, que teve muita influência em Botticelli. Discípulo de Masaccio  usou paisagens no lugar de fundos planos, com o objetivo de contrastar as figuras. Também sobressaiu por sua procura dos efeitos da cor, o que o tornou um dos melhores  coloristas da época. Enfocou a arte religiosa desde um lado mais humano do que místico.

Tommaso Masaccio | Renascimento | Gênios da pintura

Imagem
Nasceu em San Giovanni Valdarno, Arezzo, no dia 21 de dezembro de 1401. Morreu em Roma, no outono de 1428. Embora não tenha vivido muitos anos, sua obra teve uma importância decisiva na história da pintura: é considerado como o primeiro que aplicou as leis da perspectiva  científica de Brunelleschi na pintura.

        Em 1428 fez uma viagem a Roma, convidado pelo cardeal Brando da Castiglione para decorar a capela de São Clemente. Nesta cidade, também trabalhou no Políptico de Santa Maria Maior.

Paolo Uccello | Renascimento | Gênios da pintura

Imagem
Nasceu, provavelmente, em Prato-vacchio ou em Florença no dia 15 de junho de 1397. Morreu em Florença no dia 10 de dezembro de 1475. Além de pintor, foi matemático. Destacou-se por sua obra pioneira na perspectiva visual na arte. Teve um interesse quase obsessivo pela publicação da perspectiva em suas obras.

          Paolo Uccello é uma figura entre dois mundos, entre o estilo gótico, seguindo um curso artístico entre os mais autônomos do quattocento. Usou a perspectiva para criar um sentido de profundidade e não, como seus contemporâneos, para narrar histórias diferentes.

História da pintura | Renascimento

Imagem
Para a Itália o "quatrocento" (anos mil e quatrocentos) o século VX é o momento do renascimento inicial, especialmente sua primeira metade; enquanto que o alto renascimento ou renascimento pleno ou maduro pode ser considerado no final do século XV e nas primeiras décadas do século XVI. 

          O "cinquecento" (anos 1500) é seguido pelo maneirismo. Nestes anos os outros países europeus continuavam a tradição gótica; ainda que a pouca influência do renascimento italiano começa a sentir-se fora da sua origem como, por exemplo, na Flandres, em Castilha e na Inglaterra.

História da pintura | Pintura Gótica

Imagem
Vai desde o século XIII até o XV. O século XIII é testemunha da transição ao estilo gótico gestada no século anterior com surgimento da burguesia mercantil e artesanal, que questionavam a ordem agrária e rural do feudalismo.

          É assim que as artes são um reflexo destes novos pensamentos e se configura a arte gótica, que em pintura se caracterizou pela representação de objetos realistas em um ambiente natural (naturalismo), prestando atenção a detalhes muito exatos. Também destaca o uso intensivo de cores vivas e constantes.

Gerard David ~ Gênios da pintura ~ Gótico

Imagem
Nasceu em 1460 em Oudewater (hoje Utretch) e morreu no dia 13 de agosto de 1523 em Bruxas. Pintor gótico, conhecido pelo seu brilhante uso da cor, que passou o maior tempo da sua carreira em Bruxas e que formou parte do grêmio dos pintores. Quando Hans Memling morreu em 1494, David se tornou o principal pintor de Bruxas.



          Em Bruxas estudou e copiou obras-primas dos irmãos van Eyck, Rogier van der Weyden e Hugo van der Goes. Depois seguiu a influência direta de Memling, adquirindo solenidade e mais realismo.

Martin Schongauer | Gênios da pintura | Gótico

Imagem
Nasceu em 1448 em Augsburgo o morreu no dia 2 de fevereiro de 1491 em Breisach. Foi um gravador e pintor Alamão que pertencia ao estilo gótico ou pré-renascimento. Foi o melhor gravador antes de Alberto Durero, conhecido mundialmente. Possivelmente, aprendeu do gravador conhecido apenas como Mestre E. S. 


          Como pintor , Schongauer seguiu o estilo do flamengo Rogier van der Weyder. As poucas pinturas que sobreviveram são consideradas como as melhores obras de artes contemporânea de Flandes.

Stefan Lochner | Gênios da pintura | Gótico

Imagem
Não se conhece muito sobre sua vida. Acredita-se que trabalhou na cidade de Colônia, Alemanha, durante os anos de 1442 até 1451. O estilo de Lochner pode ser integrado ao estilo de pintura gótica internacional.
          Os personagens em suas pinturas parecem frios, mais muito reais. Lochner trabalha este realismo, sobretudo nas paisagens, a tela, as figuras e seus rostos.
          Sua obra mais conhecida é A Madonna do Jardim das Rosas, foi um dos seus últimos quadros. Neste quadro a Virgem Maria está na grama vestida de cor azul brilhante, rodeada de anjos.